História

Em época incerta, possivelmente lá por volta de 1850, por ignoradas razões, uma prolífera família se estabeleceu no local onde, mais tarde, surgiu o povoado. Construída por vários irmãos, atiraram-se estes ao trabalho, formando vastas fazendas. A tradição conservou o nome de João Pimenta, Sebastião Pimenta, Serafim Pimenta e Pedro Pimenta, constituindo, o nome dessa família o primeiro topônimo. O arraial dos Pimentas teria surgido pela ereção de um cruzeiro eqüidistante das diversas fazendas dos irmãos; realmente, a tradição confirma teram surgido as primeiras casas em torno desse cruzeiro, erigido no local onde hoje se ergue o principal cinema da cidade.

Posterior à ereção do cruzeiro, houve a doação do terreno por parte do mulato João Pimenta e outro de nome José Martins, A Nossa Senhora da Abadia; na gleba doada, onde já se erguia o cruzeiro, foi construída a primeira capela e as primitivas moradias. Daí surgiu o arraial. A capela desapareceu, sendo construído um cinema no local. A grande maioria da população de hoje descende da primitiva família dos Pimentas, entrelaçada, mais tarde, com a família Franco, oriunda de Pará de Minas e que igualmente ali se radicava.

O topônimo Matutina foi dado em homenagem ao Coronel Olímpio Alves Franco ou por sua vontade; ele era possuidor de uma propriedade rural já denominada por esse nome, em 1943, quando da elevação do povoado à categoria de distrito.

A atual igreja Matriz foi construída em 1914, quando foram dados os primeiros passos, sendo em 1951, quando ficou terminada, entregue aos fiéis.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Matutina (ex-povoado), pelo decreto-lei estadual no 1058, de 31-12-1943, criado com terras desmembrada do distrito da sede de São Gotardo e Fuchal, subordinado ao município de São Gotardo.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de Matutina figurar no município de São Gotardo.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Elevado à categoria de município com a denominação de Matutina, pela lei estadual no 1039, de 12-12-1953, desmembrado de São Gotardo. Sede no antigo distrito de Matutina. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – Volume XXVI ano 1959.